Pages

RSS
"A Era da Informação oferece muito à humanidade, e eu gostaria de pensar que nós nos elevaremos aos desafios que ela apresenta. Mas é vital lembrar que a informação -- no sentido de dados brutos -- não é conhecimento, que conhecimento não é sabedoria, e que sabedoria não é presciência. Mas a informação é o primeiro passo essencial para tudo isso."
Arthur C. Clarke

quinta-feira, 17 de março de 2011

Ao meu querido Japão!

O 46º presidente dos Estados Unidos da América, Barak Obama, proferiu durante seu discurso de posse a seguinte premissa: “Construir é melhor do que destruir”. Acho que nenhum outro líder político disse algo mais sábio. Vejo nesta semana que depois de tantos anos gastando-se milhões em bombas atômicas, o mundo descobriu que é preciso guardar dinheiro para os destroços da nossa ruina.

Terremotos, desmoronamentos, chuvas, tsunamis. Tudo isso já existia. Mas parece que estamos cada vez mais próximos do fim. Não tenho medo do fim, só acho (nostalgicamente) que poderia ser bem melhor do que um monte de formigas consumistas. Percebo que a cada tragédia que acontece, as pessoas caem em si e descobrem que a vida pode ser prolongada não só pelo dinheiro que paga tratamentos caros, mas pelas mãos de pessoas que perderam tudo e não desistem de tentar salvar a vida daqueles que choram.

Entre o parágrafo anterior e este, fiz um minuto de silêncio. Acho que é um sinal de respeito a tantas pessoas que estão sofrendo no Japão agora. Não posso esquecer-me das vítimas do terremoto no Haiti, no Chile e Nova Zelândia. Ou ainda das vítimas das enchentes em Santa Catarina, chuvas na Região Serrana do Rio e ainda os do Morro do Bumba, em Niterói

Podemos então concluir que ao contrário do que os filmes de ficção científica mostram as catástrofes não acontecem somente nos Estados Unidos (e que a salvação também não é só dada por eles), que há pessoas respeitáveis em qualquer lugar do mundo e principalmente que as catástrofes naturais sempre irão acontecer porque o homem precisa ser lembrado de que ele habita a Terra, mas não é dono dela.

Para todas as vítimas, minhas lágrimas que deseja transferir todas as forças para quem precisa. Ao meu querido Japão!
Arigatô!








Fonte: Blog do Nathan.

1 Diga uma coisinha!:

futura mamãe gateira disse...

Horrivel esses acontecimentos no Japão! =(