Pages

RSS
"A Era da Informação oferece muito à humanidade, e eu gostaria de pensar que nós nos elevaremos aos desafios que ela apresenta. Mas é vital lembrar que a informação -- no sentido de dados brutos -- não é conhecimento, que conhecimento não é sabedoria, e que sabedoria não é presciência. Mas a informação é o primeiro passo essencial para tudo isso."
Arthur C. Clarke

terça-feira, 14 de abril de 2009

Seja ecologicamente correta, sem virar uma ecochata

Tenha sua caneca à mão

Você sabia que, a cada seis horas, 1 milhão de copos plásticos são usados em aviões nos Estados Unidos? Então, imagine o que acontece no seu trabalho, onde a cada cinco minutos alguém toma água ou café. Bom, a dica é simples, chic e barata: tenha sempre à mão sua caneca preferida e dispense os copinhos.
Nível de esforço: baixo. Não custa nada e você ainda vai ganhar a fama de ser a mulher mais cool e eco-consciente do andar.



Atire com armas verdes

Já ouviu falar do Guerrilla Gardening (www.guerrillagardening.org)?
Esse grupo sai por aí, na calada da noite, espalhando sementes e mudas em cantinhos abandonados. Tá certo, parece maluquice. Mas a idéia é boa, não é? Que tal plantar umas flores na frente do seu prédio?
Nível de esforço: alto, se você for imitar a guerrilha e resolver reflorestar o seu bairro todo. Perto de zero, se a sua única ação for entrar em sites como o www.clickarvore.com.br, www.crescentefertil.org.br e www.arborday.org, que abraçam essa causa e botam a mão na terra por você.



Seja uma Fashion Green!

Se você pretende manter o seu closet atualizado, precisa começar a pensar na origem das suas roupas. Há dois caminhos: garimpar achados em brechós e aumentar o tempo de vida daquele chanelzinho básico ou procurar por peças que tenham sido produzidas sem agredir o meio ambiente.
Nível de esforço: baixíssimo. A moda ecofriendly tem ótimas opções, como as calças da linha Levis Eco (www.levis.com.br), de algodão orgânico, e a última coleção de inverno da Osklen (www.osklen.com.br), com peças feitas com biocouro de pupunha.



Dê um descanso ao You Tube

E comece a navegar por portais de vídeo sobre educação ambiental, como o ECO1 (www.eco1.com.br). Ele funciona no mesmo esquema do YouTube: você grava o seu vídeo e coloca lá para todo mundo assistir. A única condição é que o tema seja ligado ao meio ambiente. Você pode filmar andorinhas, o mar, comunidades sustentáveis só não vale mandar cenas do seu namorado ogro. Outra representante do gênero é o portal inglês Green TV (www.green.tv), que tem vários curtas interessantes sobre o tema.
Nível de esforço: baixo, se você quiser só assistir aos vídeos. Alto, caso resolva pegar a sua câmera, filmar, narrar, colocar uma trilha sonora, enfim, fazer um trabalho bacana para não pagar mico.



Namore um ecoengajado

Você já reparou como Brad Pitt mudou depois que se casou com Angelina Jolie? Ele está mais engajado e faz questão de rodar pelo mundo em prol dos necessitados. Pois você também pode trilhar esse caminho: encontrar a sua versão masculina de Angelina, sair por aí com seu bonitão green e entender de vez a importância de salvar o planeta.

Nível de esforço: alto. Para você encontrar um homem preocupado com questões socioambientais e, se possível, lindo de morrer, terá que colocar a mão na massa. De preferência, participando de uma ONG. Anote aí alguns endereços descolados e prepare-se para desencalhar: www.peta.org, www.wwf.org.br e www.coolearth.org.


Seja uma internauta sustentável

O seu computador também pode ser usado de forma mais inteligente. Comece trocando o seu monitor de tubo por um de cristal líquido, que gasta 40% menos energia. Apagar as mensagens velhas da sua conta de e-mail também ajuda. A gente explica: quanto mais dados armazenados, mais servidores são necessários e mais energia será gasta. E não deixe nada em stand-by. Aparelhos com a luzinha acesa continuam consumindo energia.

Nível de esforço: de baixo a médio, dependendo do seu know-how em tecnologia. Mas nada que um técnico desses sabidos não resolva para você.

Fonte: ELLE


3 Diga uma coisinha!:

:.1Brainwashed.: disse...

Mt joia esse post, eu tbm sou eco-lô! ^^
Aqui vai a minha dica, além dos copos plasticos é mt importante parar de usar aquelas sacolinhas de feira, pois vc acaba levando uns 50 pra casa por semana e dps usa como lixeira! eca!
Eu prefiro usar um saquinho de mão, tem uns modelitos lindos de plastico e dura anos, os meus ja fazem uns 4 anos e ainda não furou!
Tbm minha dica é verificar a compisição dos produtos q vc consome, usar produtos de beleza, de limpesa BIO,q reduzem os danos ao meio-ambiente!
:) enquanto isso as plantinhas na varanda estão crescendo aguardando as abelhinhas!:)

Marie disse...

Màrcia, seu blog está maravilhoso!!!!!!!!!!!!!marie.

Márcia disse...

Marie, que bom vê-la aqui....Obrigada!